Friday Fashion Wrap – A polémica Jezebel vs. Vogue

Se têm estado minimamente atentos às novidades da indústria, certamente estarão a par do polémico caso Jezebel vs. Vogue.

1389743933_lena-dunham-vogue-cover-467

Tudo começou com a divulgação, ontem, da mais recente capa da Vogue americana – a cargo de Lena Dunham, protagonista da série “Girls” (ainda há pouco tempo falámos dela, nos Globos de Ouro). Já se especulava há algum tempo que Anna Wintour estaria em conversações com a actriz mas só agora é que os rumores se concretizaram.

rs_560x381-140115075551-1024.Lena-Dunham-Vogue-Cover-Annie-Liebowitz.jl.011514_copy

Na sequência da divulgação da produção (que apelida Dunham de nova rainha da comédia e que ficou a cargo de Annie Leibovitz), o site feminista Jezebel considerou o recurso ao Photoshop abusivo e resolveu oferecer 10.000 dólares a quem obtivesse fotos da sessão não retocadas – uma prática a que já recorreu no passado.

o-lena-dunham-vogue-570.jpg w=570&h=387

O que, na óptica do site, parece agravar a situação é o facto de Dunham ter sempre veiculado uma imagem de aceitação e inclusão da diversidade, no que diz respeito ao corpo – sendo vista como uma bandeira actual do feminismo.

Ninguém poderia prever a tinta que tal oferta viria a fazer correr, com todo o tipo de sites e plataformas a criticar a postura do Jezebel. A maior crítica que foi endereçada ao site foi a de invocar ideais feministas para mascarar a sua sede de obter mais visualizações.

lena-dunham-february-vogue1.jpg w=599&h=350

A verdade é que as imagens não retocadas acabaram mesmo por aparecer e, para surpresa de muitos, os retoques não foram tão excessivos quanto poderia esperar-se.

ku-xlarge

Dunham acabou por opinar evasivamente acerca do assunto no seu Twitter, afirmando:

“Some shit is just too ridiculous to engage. Let’s use our energy wisely, 2014.”

A Vogue também não se deixou ficar e – perante a acusação do Jezebel de as imagens de exteriores, e que envolvem um pássaro na cabeça de Dunham, se tratarem de sobreposições feitas na pós-produção – respondeu com a seguinte imagem no Instagram.

75496e5c7f9911e3a7900e59ad914808_8

As polémicas que envolvem o Photoshop não são de agora e na RTRO já abordámos o assunto. E se pensavam que o assunto das capas polémicas da Vogue já tinha terminado, enganaram-se.

Também a Vogue Australia resolveu bronzear retocar excessivamente a lindíssima Cate Blanchett, tendo resultado nisto.

vogue-australia

Houve quem dissesse que a publicação transformou Blanchett em Helen Mirren.

E por falar em actrizes, e depois dos Globos de Ouro, decorreu mais uma cerimónia dos People’s Choice Awards. A título de exemplo, deixamo-vos a foto da lindíssima Juliette Lewis num simples mas elegante vestido vermelho.

juliette-lewis-critics-choice-awards-vogue-17jan14-pa_426x639

Confiram mais fotos aqui.

Para quem tem saudades de Carrie Bradshaw – e particularmente da sua colecção de sapatos – vai rejubilar com o vídeo abaixo.

Sarah Jessica Parker, que é a mais recente capa da InStyle, produziu a sua própria colecção de calçado, em colaboração com a marca que popularizou na série “O Sexo e a Cidade”: Manolo Blahnik. Disponível lá fora a partir de Fevereiro, os preços deverão oscilar entre os $195 a $485.

s_j_parker_01072014_1_0

Esquecemo-nos de alguma coisa?

O que pensam da polémica Jezebel vs. Vogue?

Falem connosco nos comentários.

Por Margarida Cunha

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s